quinta-feira, 8 de abril de 2010

Lista interminável de coisas que trazem doces saudades.
Um chaveiro de bola que fazia barulho.
Lindos sapatos bicolores que minha mãe me deu. (rosa e roxo).
Blusa de lã com mangas listradas.
O galinheiro de minha antiga casa.
A televisão Zenith onde vi o homem pisar na lua.
O cine Pathé.
A lojinha na rua Pernambuco que vendia tudo, inclusive maravilhosos bibelôs bregas.
A cesta de tricô de minha mãe.
A caixa de manicure de tia Antonieta.
Uma cesta cheia de roupa passada.
Saquinho de pano com anil dentro.
Os saquinhos lindos e sujos de 5 Marias.
O telefone preto que nem sempre tocava quando a gente queria.

3 comentários:

  1. quando pesar a saudade, visita um brechó. Costumo encontrar coisas preciosas neles...

    (você voltou!)

    ResponderExcluir
  2. Oi Laura.
    Boa ideia, obrigada.
    Bjo,
    Selma.

    ResponderExcluir
  3. Oi Selma, encontrei você no flickr. Adorei seu trabalho, muito bonito e colorido.

    ResponderExcluir